Curiosidades - Publicado em 20.jan. 22
A informação veio através da Variety. Jasmin Savoy Brown e Liv Hewson vivem casal na trama.

KAILEY SCHWERMAN/SHOWTIME

O público do Showtime já está cansado de séries leves para esquecer os problemas da vida: agora, adolescentes canibais, assassinos em série e um monte de sangue são o que cativa o público. De acordo com o playcabler, “Yellowjackets”, o drama com avaliação de nota 100% no Rotten Tomatoes e várias teorias de fãs, encerrou sua primeira temporada nesse último domingo como a segunda série mais vista na história da Showtime, atrás da série “Dexter: New Blood”, exibida recentemente.

O final sombrio e chocante de “Yellowjackets” causou arrepios nos milhões de espectadores, alcançando aproximadamente 1,3 milhões de espectadores nas plataformas apenas no domingo, dobrando a audiência da estreia da temporada. Além disso, a série teve uma média de mais de 5 milhões de espectadores semanais em todas as plataformas, o máximo que uma série estreante alcançou na Showtime desde “Billions”, em 2016.

Ao longo da temporada de 10 episódios, a audiência dos streamings para “Yellowjackets” aumentou em quatro vezes, de acordo com a Showtime. O drama sangrento foi incluído em quase 50 listas de final de ano de “Melhores da TV” e semana passada recebeu o prêmio do WGA Award de melhor série dramática e melhor série nova. O terror psicológico, coming-of-age e saga de sobrevivência foi criada por Ashley Lyle e Bart Nickerson (“Narcos”) e é produzida para a Showtime pela eOne. Lyle, Nickerson e Jonathan Lisco são os produtores executivos.

“Nós estamos animados em dizer que ‘Yellowjackets’ é um fenômeno,” disse Jana Winograde, presidente de entretenimento da Showtime, em uma declaração. “O grande sucesso da série com o público e a crítica tem sido empolgante, mas o melhor tem sido ver ‘Yellowjackets’ bombar na era da coletividade, ver a paixão incontrolável dos fãs pelas personagens, teorias sem fim sobre o mistério e ainda a quantidade de fan art. É difícil fazer esse tipo de série e nós queremos agradecer e parabenizar Ashley, Bart, Jonathan e todo o elenco e equipe por seu papéis na produção. Mal podemos esperar pela próxima temporada.”

Junto com “Dexter: New Blood”, “Yellowjackets” conseguiu o maior número de assinaturas na história da Showtime durante o último trimestre de 2021. Como esperado, a Showtime renovou “Yellowjackets” para a segunda temporada em dezembro.

“Yellowjackets” trata de um time de futebol feminino de uma escola que sobrevive a uma queda de avião em uma região desértica e selvagem do Norte, transformando-as de amigas felizes em tribos selvagens. A série também mostra algumas das sobreviventes tentando levar uma vida normal 25 anos depois, mas acontecimentos do presente indicam que as Yellowjackets não saíram da floresta ainda.

A primeira temporada apresenta Melanie Lynskey, indicada ao Critics’ Choice Award por seu papel de Shauna adulta, Cristina Ricci, Juliette Lewis, Tawny Cypress, Ella Purnell, Samantha Hanratty, Sohie Thatcher, Jasmin Savoy Brown, Sophie Nélisse, Steven Krueger e Warren Cole.

“Yellowjackets” é produzida pelos showrunners Lyle, Nickerson e Jonathan Lisco, junto com Drew Comins of Creative Engine e Karyn Kusama, que também dirigiu o episódio piloto.

No Brasil, a primeira temporada está disponível no catálogo da Paramount+.

Está nota foi traduzida do site Variety. A original você lê > aqui





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.