Notícias - Publicado em 16.dez. 21
Após 28 anos de franquia Power Rangers na TV, a ranger verde Izzy, de Power Rangers Dino Fury, é a primeira heroína LGBTQIA+ da série.

 

Desde outubro de 2021, a nova temporada de Power Rangers é exibida no Brasil pela TV Cultura e canal Cartoon Network, e chegou com mudanças a avanços, em vista que durante 28 anos de exibição, apenas em 2021 foi apresentado na TV uma personagem LGBTQIA+ na série teen pela primeira vez.

A personagem em questão é a ranger verde Izzy, interpretada pelo neozelandesa Tessa Rao (de 23 anos). A personagem também se tornou a primeira mulher a vestir o traje verde, já que antes somente os trajes rosa e amarelo eram usados por meninas.

O episódio que mostra Izzy se assumindo lésbica é o “Casamenteiro”; no qual gira em torno de o irmão de Izzy, Javi (Chance Perez), desconfiar que ela está apaixonada por um rapaz e fazer de tudo para juntar os dois em um encontro. No fim, ela revela que gosta mesmo é de Fern (Jacqueline Joe), sua companheira de corrida. As duas terminam o episódio de mãos dadas.

DIVULGAÇÃO/HASBRO

Tessa Rao recentemente concedeu uma entrevista ao Notícias da TV, e comentou sobre interpretar um papel representativo e importante na franquia.

“O retorno dos fãs tem sido inspirador e emocionante, eu fico tão feliz. Recebi e ainda recebo muitas mensagens de pessoas que estão lutando com suas identidades, de outras que já passaram por isso e de quem está muito feliz porque seus filhos ou jovens LGBTQIA+ em geral têm a Izzy para representá-los agora.”

 

FOTO: Reprodução

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em Power Rangers Dino Fury, um exército de poderosos seres alienígenas chega à Terra para ameaçar todos os seres vivos. Uma nova equipe de Power Rangers fortalecidos pelo poder pré-histórico dos dinossauros é recrutada para lidar e acabar com essa ameaça.

Representatividade importa e já aparecia nos filmes e nos quadrinhos.

Vale lembrar que apesar de ter a primeira ranger lésbica da franquia de séries da TV, os Power Rangers já apresentaram ao longo de suas outras versões para as telonas e quadrinhos personagens LGBTQIA+.

Em Power Rangers – O Filme (2017), a ranger amarela Trini Kwan, vivida pela cantora e atriz Becky G, é assumidamente lésbica e foi a primeira ranger LGBTQIA+ da história da franquia.

Já nos quadrinhos…

Foi apresentada a ranger roxa Ellarien, também lésbica e que namora Remi.

 





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.