Threads - Publicado em 23.nov. 21

A novela é o maior produto do audiovisual brasileiro, e por meio dela as tendências dos espectadores são moldadas desde sempre. Por isso, é normal que também estejamos representadas nelas. Mas nem sempre isso foi possível. Em um país conservador e homofóbico, poucas foram as vezes em que o público LBGTQIA+ foi e se sentiu representado pelas telenovelas. Para a nossa felicidade, na última década, esse perfil mudou, com a inserção de casais protagonizados por mulheres de diversas idades e em diversos horários na telinha. Trouxemos, então, um Top 5 dos casais femininos da TV brasileira.

 

CLARA E MARINA (Em Família (2014))

Marina é uma fotógrafa assumidamente lésbica, forte e decidida; Clara é uma mãe de família com um marido doente. A vida de Clara muda quando ela e a família visitam uma exposição de fotografia de nus femininos de Marina, onde elas se conhecem. Clara logo fica encantada com as fotos e Marina se encanta ela. Ao longo da trama, Clara e Marina viram melhores amigas e a relação se desenvolve lentamente.


LICA E SAMANTHA (Malhação – Viva a Diferença (2017); As Five (2020))

Limantha foi um marco para a representatividade de relacionamentos entre mulheres na TV brasileira. Após darem match em um app, Lica e Samantha começaram a perceber que tinham mais em comum do que imaginavam. Lica propõe que as duas ficassem juntas, e Samantha percebe os seus sentimentos quando Lica beija ela. Uma história leve de um amor adolescente cheio de carinho e conflitos geracionais surge. O sucesso foi tanto que os fãs conseguiram um spin-off na Globoplay, ‘As Five’, onde a história delas continua.

 

CLARA E RAFAELA (Mulheres Apaixonadas (2003))

Clara e Rafaela estudavam na mesma escola e o relacionamento causou confusão entre os alunos. Um dos maiores picos de audiência da novela aconteceu no capítulo em que Clara foi xingada de “sapatona” por uma colega de sala. Margareth, mãe de clara, começa a procurar uma “cura” para a filha e ameaça interná-la na Suíça. Para poder voltar para casa e ter dinheiro, Clara acaba tendo que se afastar de Rafaela. Margareth chega ao extremo ao quase atropelar Rafaela de propósito depois de discutir com Clara. Ela então sai de casa e vai morar com Rafaela.

 

JENNIFER E ELEONORA (Senhora do Destino (2004))

Jennifer e a médica Eleonora passaram por altos e baixos, além de sofrer inúmeros preconceitos. A história das duas mostrou os conflitos de Jennifer com a descoberta do amor de Eleonora e de que esse sentimento era recíproco. Houve uma preparação do público e de Jennifer para o seu processo de saída do armário. Quando já estavam namorando, Eleonora encontrou um bebê no lixo e as duas iniciaram um processo de adoção conjunta do bebê.

 

TERESA E ESTELA (Babilônia (2015))

Em um momento do desenvolvimento da trama, Teresa e Estela deram um beijo e revelaram viver juntas há mais de 30 anos. Juntas, elas criaram Rafael, personagem do ator Chay Suede. O casal sofreu muitos boicotes durante a trama devido ao conservadorismo da sociedade brasileira. No entanto, para manter a dignidade, elas conseguem se casar no final da novela.





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.