Notícias - Publicado em 20.out. 21

Raven Symoné é assumidamente lésbica desde 2013 e casada com Miranda Pearman-Mada há pouco mais de um ano. Recentemente ela revelou que a Disney ofereceu a oferta de sua personagem, Raven, ser lésbica no spin-off A Casa da Raven, porém, ela negou.

Raven e sua mulher, Miranda

Ao podcast Pride, ela contou que a Disney propôs que Raven Baxter se descobrisse lésbica no reboot para que a atriz se sentisse mais confortável. “Houve uma conversa [antes do início da série], e me perguntaram: ‘Você gostaria que Raven Baxter fosse lésbica?’ E eu disse não.”, disse Symoné.


A artista explicou o motivo: “A razão pela qual eu disse ‘não’ não foi porque eu não me sentia orgulhosa de quem eu era, ou porque não queria representar a comunidade LGBTQ+ de forma alguma. Foi porque Raven Baxter é Raven Baxter. E Raven Baxter é uma personagem que eu tive orgulho de interpretar, mesmo que ela seja heterossexual ou cisgênero – eu não me importo. Deixe que ela tenha o seu momento.”
Symoné reiterou que tem muito orgulho de fazer parte da comunidade LGBTQIA+.


As Visões da Raven foi uma sitcom de sucesso nos anos 2000s, que contava a história de Raven, uma vidente que vê fragmentos do futuro. No atual spin-off, Raven é mãe solo e divide o apartamento com sua melhor amiga Chelsea (Anneliese van der Pol) e os filhos delas. A série teve quatro temporadas que foram ao ar entre 2017 e 2020, e em 2021 foi renovada para uma temporada 5 que contará com o elenco todo reformulado, mas com Raven Symoné no papel principal.





Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.